segunda-feira, 15 de julho de 2013

ESCOLAS UTILIZAM AULAS INTEGRADAS

Com o advento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), as escolas e cursinhos tiveram que modificar as dinâmicas em sala de aula. A integração das diversas disciplinas durante as aulas é essencial para que o aluno, ao prestar o exame, consiga racionar e chegar ao resultado positivo. Pensando assim, algumas escolas já estão se preparando. É o caso do CEI Romualdo Galvão, que desenvolvem as aulas integradas muito antes de qualquer orientação proposta pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). “Há anos esta metodologia faz parte do calendário da escola, visto que a instituição, ao praticar a educação para o pensar, não poderia deixar de trabalhar os conteúdos disciplinares de forma integrada e interdisciplinar”, explica o professor de Geografia, Diego Silva.

Nesse sentido, antes de inaugurar o calendário das aulas integradas do ano de 2013, a equipe pedagógica do ensino médio realizou diversas reuniões com o intuito de elencar as principais temáticas a serem abordadas, bem como orientar os trabalhos com as equipes de professores de todas as áreas de conhecimento: Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Matemática e Linguagens e Códigos, visando a um planejamento cuidadoso de todo o processo, sempre com o foco em uma proposta de formação integral do corpo discente, preparando-os não somente para o Enem. Após algumas reuniões, a equipe docente elegeu a temática “Consumo Consciente e Sustentabilidade”, para ser a primeira aula integrada do ano.

As aulas integradas são disponibilizadas para todas as séries do ensino médio, uma vez que esse modelo de atividade pedagógica não deve ser voltado apenas ao grupo que está finalizando a educação básica e sim ao corpo discente do ensino médio como um todo, criando, assim, uma concepção integrada do conhecimento, buscando evitar o aprendizado de forma segregada e desconectada e entre as áreas do saber.

A primeira aula integrada deste ano contou com a participação em massa dos alunos, corpo docente de outras áreas do conhecimento e com professores motivados a exercer uma didática proativa. A abertura da aula sobre “Consumo Consciente e Sustentabilidade” contou, também, com a participação do professor de língua inglesa e músico, Adriano de Medeiros. O professor/artista tocou e cantou uma das mais badaladas músicas da banda Legião Urbana, “Geração Coca-Cola”.

Após a sensibilização envolvendo arte musical direcionada à temática a ser abordada, a equipe de História realizou a exposição do processo de construção do conceito de sustentabilidade, tendo por base as Conferências Internacionais sobre o Meio Ambiente desenvolvidas pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Buscando a integração das disciplinas dentro de uma mesma área de conhecimento, os professores de Geografia: Diego Riogrande, Kleber Hudson e Madson Rodrigues discutiram com os alunos as nuances e as diferentes concepções sobre o desenvolvimento sustentável, fazendo com que as informações largamente veiculadas a partir do senso comum se transformassem em conhecimento científico.

Realizado o debate de ideias entre o corpo docente e discente, a aula continuou com a resolução de questões voltadas para o Enem. A aula contou ainda com a veiculação dos filmes “A História das Coisas” e “Dance Monkeys Dance”. Este último é uma crítica à forma que os seres humanos se relacionam com o planeta e entre si.

Fonte: Tribuna do Norte