domingo, 15 de março de 2015

NOMEAÇÃO DE HENRIQUE PARA MINISTÉRIO NÃO ACALMA PMDB


Em jantar com a presidente Dilma Rousseff e a cúpula petista no Palácio do Alvorada, em Brasília, ex-presidente Lula disse não acreditar na evolução da proposta do impeachment, mas alertou para a tese da oposição de ‘sangramento’ de Dilma; ele defendeu a nomeação do ex-presidente da Câmara Henrique Alves para o Ministério do Turismo, apadrinhado pelo atual chefe da Casa, Eduardo Cunha, para garantir o apoio do maior partido da base governista.

O PMDB da Câmara avisou ao Planalto que a nomeação de Henrique Alves (RN) para o Ministério do Turismo não apaziguaria os ânimos da bancada, que está “com sangue nos olhos” contra Dilma.